Jacaré do Pantanal

Olha essa turma de jacarés tomando sol e bronzeando.

Os jacarés do Pantanal são diferentes dos da Amazônia. O do Pantanal mede até 2,5m e se alimenta de peixes e é quase inofensivo ao homem (mas não dê mole). Enquanto o da Amazônia é um pouco maior (quase 6 metros) e ataca quando ameaçado. Já os crocodilos da Ásia , ainda maiores , por volta de 7 metros , atacam pessoas sem dó. Pegam pra matar.



JACARÉ-DO-PANTANAL
(Caiman crocodilus yacare)



CARACTERISTICAS:

O jacaré-do-pantanal pertence ao grupo dos répteis, sendo assim têm o corpo recoberto por uma pele seca e protegido por escamas. Possui caldas e um sistema digestivo completo.Esse animal tem a cabaça larga e arredondada. Quando fecha a boca, seus dentes não aparecem. Podem viver de 25 a quarenta anos e habitam as regiões tropicais, geralmente às margens dos rios.


HÁBITOS ALIMENTARES:


Alimentação: podem se alimentar de peixes e outros vertebrados aquáticos, e invertebrados como caranguejos, caramujos e insetos. A grande novidade em relação a alimentação do jacaré-do-pantanal é que, ao contrário de outros crocodilianos, sua dieta é mais fortemente influenciada pelo habitat do que pelo seu tamanho


REPRODUÇÃO:

Reprodução: nidifica construindo um ninho com folhas e fragmentos de plantas, nas bordas de capões de cerradão e mata, ou sobre tapetes de vegetação flutuantes. Desovam de 20 a 30 ovos em uma câmara no interior do ninho. O período de nidificação coincide com as enchentes (janeiro a março).
Ao contrário dos mamíferos, os crocodilianos não possuem heterocromossomo. A temperatura (principalmente) e outras condições ambientais de incubação é que determinam o sexo dos embriões.


CURIOSIDADES:

Ø O Pantanal Mato-Grossense é uma grande extensão de terras inundáveis e é um dos maiores viveiros de jacarés do mundo;

Ø Embora seja encontrado facilmente em qualquer rio, lagoa, banhado, e até nos acostamentos das estradas, o jacaré é uma espécie ameaçada de extinção;

Ø O jacaré é caçado à noite, quando somente seus olhos e as narinas permanecem fora da água;

Ø O dorso escuro e as faixas transversais amarelas principalmente na calda permitem uma perfeita camuflagem dentro e fora da água;

Ø Nas horas de sol, o jacaré-do-pantanal costuma ficar nas margens, aquecendo-se, sem se afastar muito da água, para onde corre quando perturbado;

Ø A criação do animal em cativeiro deve fechar o mercado para os caçadores clandestinos e permitir que a espécie saia da lista de animais em via de extinção e que o Pantanal continue sendo o seu paraíso.

Nenhum comentário: